quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

o couro dos tambores vibra no batuque
feito língua de Binidito vibra no glup glup
da cachaça feita no copo torcendo pedra:
pedra que nasceu ônti trás das árvi.
dois real pra vê, ele diz.
Virdadi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário